O Banco Central do Peru informou hoje que o Fundo Monetário Internacional (FMI) alocou o equivalente a US$ 740 milhões ao país, com o objetivo de elevar a liquidez. A soma equivale a 473 milhões em Direitos Especiais de Saque (SDR, na sigla em inglês). O Banco Central do Peru não disse o que planeja fazer com a injeção de dinheiro.

O FMI está distribuindo recursos com objetivo de elevar as reservas internacionais de seus países membros, com base na proporção das cotas de cada um na instituição. As informações são da Dow Jones.