As exportações de petróleo do Curdistão para Ceyhan, na Turquia, estão interrompidas desde terça-feira por causa de um ataque a um oleoduto perto de Urfa, de acordo com comunicado emitido pelo Governo Regional do Curdistão nesta manhã.

O oleoduto é uma importante via de abastecimento para a Turquia. Em janeiro, 18,65 milhões de barris por dia foram exportados por meio desse duto. Cada vez mais as refinarias europeias estão usando o petróleo recebido da Turquia para produzir derivados, reduzindo a importação do Iraque.

O petróleo também é uma fonte essencial de receita para o Curdistão, onde refugiados estão pressionando a já frágil economia. Fonte: Dow Jones Newswires.