A população brasileira reprova a qualidade dos serviços públicos do País, segundo a pesquisa “Retratos da Sociedade Brasileira: Qualidade dos Serviços Públicos e Tributação”, divulgada hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Segundo o levantamento realizado em parceria com o Ibope, os brasileiros aprovam apenas quatro de 12 serviços avaliados.

A pesquisa mostra que a população só está satisfeita com os fornecimentos de energia elétrica, água, iluminação pública e ensino superior. O pior resultado é o referente aos postos de saúde e hospitais, que foram reprovados por 81% dos entrevistados.

Entre os serviços que também precisam melhorar na opinião dos brasileiros ainda estão a limpeza e o transporte urbano, rodovias e estradas, conservação de ruas e avenidas, educação fundamental e ensino médio, segurança e atendimento em repartições públicas.

Segundo o levantamento, 81% dos entrevistados acreditam que, “considerando o valor dos impostos, a qualidade dos serviços públicos deveria ser melhor no Brasil”. Da mesma forma, para 82% da população, o governo já arrecada o suficiente e, portanto, não precisa aumentar mais os impostos para melhorar a prestação de serviços. Além disso, 87% consideram que a carga tributária no País já é elevada e 79% revelam a percepção de que ela esteja aumentando nos últimos anos.