O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) reforçou em R$ 4 bilhões o caixa do Tesouro Nacional em agosto. Esse foi o volume de dividendos pago pelo banco à União no mês, segundo a coordenadora-geral de Estudos Econômico-Fiscais, Fabiana Magalhães Almeida Rodopoulos.

A Caixa Econômica Federal transferiu R$ 2 bilhões de dividendos e a Petrobras pagou R$ 1,1 bilhão. O pagamento de dividendos das empresas estatais reforçou o caixa do Tesouro em R$ 7,81 bilhões. O restante dos dividendos de agosto, segundo a coordenadora, está pulverizado entre as empresas.

O governo não tem uma política clara de pagamentos de dividendos. Nos anos anteriores, o Tesouro optou em adiar o pagamento de algumas empresas estatais, como o BNDES, para permitir a ampliação dos investimentos.