O Banco Central Europeu (BCE) decidiu manter hoje inalterado o volume de empréstimos emergenciais disponíveis para bancos da Grécia, uma vez que o BC grego não solicitou uma elevação, afirmou uma fonte com conhecimento do assunto.

A decisão veio após duas semanas seguidas de aumentos de 900 milhões cada no teto do programa conhecido como Linha de Assistência Emergencial (ELA, pela sigla em inglês), que tem mantido a liquidez do setor bancário grego. A última alteração, na semana passada, elevou o volume máximo para mais de 90 bilhões de euros.

O programa é administrado por meio do Banco Central da Grécia e sujeito a aprovação do conselho diretor do BCE. Fonte: Dow Jones Newswires.