O Ministério de Finanças da Alemanha espera que a nova formação do governo de Portugal mantenha o programa de reformas e consolidação orçamentária definido com os credores internacionais, disse nesta segunda-feira o porta-voz do ministério, Hans Joachim Narzynski.

“Continuamos a acreditar que Portugal, por seu próprio interesse, vai manter e alcançar as metas do programa de ajustes econômicos”, disse Narzynski. Ele ressaltou que o programa português mostrou seus primeiros sucessos. “Por isso, acreditamos que o novo governo vai seguir as metas de reformas sem alterações.”

Os políticos portugueses alcançaram um acordo para manter a coalizão de governo unida. O primeiro-ministro do país, Pedro Passos Coelho, propôs que Paulo Portas, líder do partido júnior da coalizão, seja vice-premiê. Portas renunciou ao cargo de ministro das Relações Exteriores na semana passada.

Os ministros de Finanças da zona do euro se reúnem hoje em Bruxelas e a expectativa é de que o programa de reforma português seja um dos principais assuntos do encontro. Fonte: Market News International.