Chuniti Kawamura / O Estado do Paraná
Queda de barreiras bloqueou a BR-277.

Deslizamentos de terra, entre os quilômetros 44 e 47, impedem o fluxo normal de veículos na BR-277, que liga Curitiba ao litoral do Estado. O problema foi causado pelas chuvas fortes e ininterruptas que atingiram a região nesta  madrugada.

Segundo a Ecovia, concessionária responsável pela estrada, foram verificados treze pontos de deslizamentos no trecho da BR. Porém a situação é mais grave em três locais: nos quilômetros 44 e 47 da pista de subida para Curitiba e no quilômetro 43 da pista de descida para o litoral. Estes pontos estão quase que inteiramente interditados pela terra e por galhos de árvores.

O primeiro deslizamento registrado pela Ecovia aconteceu às 10h30 de ontem. Na madrugada, a partir das 3h30, a rodovia ficou completamente interrompida, o que provocou um congestionamento de quatro quilômetros na pista de subida. Às 9h, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, a concessionária iniciou um revezamento entre descida e subida de veículos pela pista que leva ao litoral, sendo que a de acesso à capital estava em pior situação.

Alguns trechos da Estrada da Graciosa também estam intransitáveis. Na PR-408, que liga a BR-277 ao município de Morretes, o Rio do Pinto transbordou e a passagem de veículos também foi interditada. (Leia mais na edição de amanhã de O Estado do Paraná)