Internacional-RS e Coritiba entram em campo neste sábado às 16h no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, conscientes de que não podem perder. Ao clube gaúcho só interessa a vitória porque está em situação incômoda na tabela correndo o risco de rebaixamento para a Série B do ano que vem.

A equipe paranaense, que continua na briga por uma das vagas no grupo dos oito que vão para a próxima fase do Brasileirão, tem que correr atrás da vítória para permanecer colado nos times que lutam pela classificação. O Internacional é o 18º colocado, com 25 pontos ganhos em 20 jogos, e o Coritiba ocupa a nova colocação, com 30 pontos em 20 partidas.

A situação do Internacional é tão crítica que os dirigentes e os jogadores discutem para saber quem ficará com a culpa pela má campanha do time. Os jogadores anunciaram publicamente que é deles qualquer responsabilidade pelo fracasso. Falando em nome dos cartolas, o vice-de-futebol, Pércio França, já entregou o cargo duas vezes e garante que se tivesse certeza que a sua saída iria melhorar o desempenho da equipe já teria abandonado o clube.

O técnico Celso Roth continua defendendo o elenco e afirmou que o time está em franca evolução. Lembrou que o Internacional teve pela frente nas últimas rodadas três clássicos e não se saiu tão mal assim.
– Jogamos bem os três clássicos das últimas rodadas e só perdermos no detalhe – afirmou o treinador Roth.

No Coritiba, que ganhou algum fôlego com a vitória sobre o Cruzeiro por 3 a 1 na última rodada, o técnico Paulo Bonamigo ganhou o apoio dos dirigentes. Eles acham que de nada adianta dispensar o treinador a esta altura, bem próximo das rodadas finais do campeonato.

O zagueiro Cris e o atacante Mahicon Librelatto voltam na equipe de Celso Roth. Eles saíram do time para cumprir suspensão. O técnico mantém o 3-5-2, mas não poderá contar com o zagueiro Alexandre e o volante Daniel Carvalho, suspensos pela expulsão na última rodada, e o meia Cleiton Xavier, suspenso por terceiro cartão amarelo.

No lugar de Alexandre, Celso Roth deve escalar Cris e para a vaga de Cleiton Xavier no meio, ele recuou o atacante Fabiano Costa, promovendo a volta de Librelatto. Celso Roth ainda tem uma dúvida na zaga entre Luís Alberto e Duílio. O volante Daniel Carvalho não pode ficar no banco de reservas por estar suspenso.

O Coritiba, de Bonamigo, não poderá ter o zagueiro Edinho Baiano, contundido, o volante Roberto Brum e o volante Reginaldo Nascimento. Para a vaga de Edinho ele pode escalar o volante Willians ou o zagueiro Danilo. Reginaldo Araújo deverá voltar na ala direita no lugar de Ceará. Lúcio Flávio é outro que poderá reaparecer no meio campo.

No ataque, Bonamigo deixou para definir momentos antes do início da partida qual será a dupla de ataque: Alexandre Fávaro e Marcel ou Lima e Da Silva.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL-RS X CORITIBA-PR

Estádio Beira-Rio, Porto Alegre
Data/hora: 2/11 – 16horas
Árbitro: Edilson Pereira de Carvalho (Fifa-SP)
Auxiliares: Francisco Feitosa (SP) e Adriano Lucas (SP)

INTERNACIONAL: Clemer, Cris, Luís Alberto (Duílio) e Ronaldo; Luisinho Neto, Clayton, Cleitão, Fabiano Costa e Cássio; Librelatto e Fernando Baiano – Técnico: Celso Roth
CORITIBA: Fernando, Pícolli, Willians (Danilo) e Juninho; Reginaldo Araújo, Sérgio Manoel, Tcheco, Lúcio Flávio e Adriano; Alexandre Fávaro (Lima) e Marcel (Da Silva) – Técnico: Paulo Bonamigo (Lancepress!)