Todo mundo quer chegar ao topo, mas nem todos realmente se esforçam para alcançar seus objetivos. Essa máxima é a que norteia a vida de Edgar Ueda, que começou a trabalhar aos 12 anos como vendedor de coxinhas ao perceber que a família não tinha boas condições financeiras. Hoje em dia ele se tornou um profissional de sucesso no segmento imobiliário e lançou seu novo livro, Kintsugi – O poder de dar a volta por cima, nesta quinta-feira (4) na Livrarias Curitiba do Parkshopping Barigui.

Edgar vem de família humilde e contou que as coisas nunca foram fáceis. Em entrevista à Tribuna do Paraná, ele explicou que sua vida começou a mudar, ainda que sem perceber, aos 9 anos, quando viu que sua mãe lhe deu um prato de comida. “Era um único prato e ela me disse que não estava com fome, mas percebi que na verdade ela não comeria para que eu comesse. Aquilo mexeu demais comigo e me fez pensar em mudar não só a minha vida, como também a da minha família”.

Edgar começou a vender coxinha e hoje é um empresário de sucesso. Foto: Marco Charneski / Tribuna do Paraná
Edgar começou a vender coxinha e hoje é um empresário de sucesso. Foto: Marco Charneski / Tribuna do Paraná

Seguindo sua busca por mudança, embora com pouca idade, Edgar começou a entregar leite na cidade em que morava, no interior de São Paulo. Aos poucos foi aprendendo mais. “Aos 12 anos, pedi a mãe de um amigo se eu poderia vender as coxinhas que ela fazia e, depois de muita insistência, ela aceitou com a condição de que eu deveria esvaziar todo o cesto que eu levava para a rua”.

A partir deste momento, Edgar colocou em sua cabeça uma frase que lhe fez mudar completamente o pensamento: “Quantos nãos cabem no seu sim?”, pois foram várias e incontáveis as vezes em que ele ofereceu coxinha a alguém e essa pessoa negou. “Mesmo assim, não desisti e fui atrás do meu objetivo, que era melhorar a condição em que estávamos”.

Ele cresceu, foi morar no Japão – onde teve a chance de aprender ainda mais trabalhando em várias funções. “Até banheiro limpei, jardim eu cortei, atividades que não faziam parte da minha real função, mas que no fim das contas me mostraram que a gente sempre deve ir além, sem ter preconceitos”.

Hoje Edgar está em sua sétima empresa, mas relembra com olhar positivo sobre seus outros seis empreendimentos que não deram certo. “Diferente do que pode parecer, identificar o seu erro e aprender com as suas falhas também é algo que faz a gente crescer. Isso deve ser visto como uma oportunidade de aprendizado”.

Para o empresário, que atualmente também é escritor e, consequentemente, palestrante, as pessoas precisam sair de suas zonas de conforto. “E saber que não é errado você querer viver melhor, mudar de patamar, almejar coisas melhores em sua vida. É preciso sair do conformismo e ir além”.

Novo livro

Foi pensando em sobre como inspirar as pessoas que Edgar escreveu Kintsugi. Neste livro, ele não só mostra “o segredo do sucesso”, como também explica o quão simples pode ser essa busca pela mudança de vida. “São três pilares principais, mas que se você parar para perceber, se tornam algo muito simples: fugir do comum, adquirir novas experiências e mudar comportamentos”, definiu ele, explicando que a partir do momento em que você busca ser diferente dos demais profissionais, essa busca deve também se tornar um objetivo e não só uma ideia. “Junto disso tudo, sempre entender e aceitar os erros, pois são sim com eles que nós aprendemos”.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Em Kintsugi – O poder de dar a volta por cima, publicação que já está no terceiro lugar dos mais vendidos, Edgar Ueda compartilha sua experiência de vida. Ele também ensina, minuciosamente, como colocar em prática os pilares do TurnAround (termo comum no mundo dos negócios, que significa mudança de rumo ou resignificação), baseado na filosofia oriental: expansão de mentalidade, mudança comportamental e acúmulo de competências.

O livro não é só indicado a empreendedores e empresários, mas também a todos aqueles que desejam tirar os sonhos do papel, melhorar a vida profissional e dar novo sentido a própria existência. “Porque você deve sempre pensar em hoje ser melhor do que ontem, e amanhã ser melhor do que hoje, sem nunca deixar para trás a sua essência”.

“Tá chovendo aí? Aqui tá chovendo!” Conheça o responsável por esse meme curitibano!