Com o aumento de casos do novo coronavírus em toda Curitiba e região, três hospitais que atendem a rede SUS já estão com 100% dos leitos de UTI para covid-19 ocupados. São eles, os hospitais da Cruz Vermelha, Erasto Gaertner e Santa Casa, todos em Curitiba. A internação da enfermaria para pacientes com coronavírus também está totalmente lotada nos hospitais Cruz Vermelha, Santa Casa e Hospital do Idoso. As informações são do Portal da Transparência do Governo do Estado.

LEIA TAMBÉM Mortes por doenças do coração crescem 15% no Paraná na pandemia

O aumento progressivo de casos graves de covid-19 também fez com que o Hospital Regional Litoral, que fica em Paranaguá, atingisse 100% da ocupação de leitos de UTI para coronavírus. A situação ainda se repete em Telêmaco Borba, que fica na região dos Campos Gerais. O Instituto Doutor Feitosa apresentava 100% dos leitos de UTI ocupados neste último sábado.

No sábado (27), Curitiba apresentava taxa de 81% de ocupação de leitos da rede SUS para pacientes com coronavírus. Todos que deram entrada no internamento apresentavam sintomas suspeitos de síndromes respiratórias e por isso vão para os leitos exclusivos de covid-19, mesmo sem a confirmação de exames para a doença.

Perto da lotação

Outros hospitais da capital ainda não atingiram sua capacidade máxima, mas estão próximo disso. É o caso do Hospital do Idoso, em Curitiba, que apresenta 97% dos leitos de UTI ocupadas. As informações sobre a taxa ocupação de leitos pode variar constantemente durante o dia, visto que pacientes podem receber alta ou serem encaminhados para um tratamento intensivo a todo momento.

LEIA AINDA – Governo anuncia parceria que prevê produção de 100 milhões de vacinas contra coronavírus

Mesmo com hospitais que apresentam lotação nos leitos de UTI, a superintendente de gestão da Secretaria Municipal de Saúde, Flávia Quadros, explica que a situação é natural, que o sistema de saúde atua em rede e que o que deve ser considerado é a ocupação total na cidade e não de um hospital específico.

“Passamos os dados à Secretaria Estadual pela manhã e as altas são à tarde, por exemplo. Além disso, é esperado que os hospitais que tenham pronto-atendimento, como o Hospital do Trabalhador e o Evangélico, por exemplo, tenham uma ocupação maior, pois o paciente pode acabar chegando direto”, diz. “Temos 10 hospitais com leitos públicos para a covid-19 e é natural que um ou dois atinjam 100% da ocupação. O que a gente monitora é a taxa geral de ocupação. Temos um plano de contingência, podemos ativar mais leitos para aumentar essa capacidade, quando necessário”, acrescenta a superintendente.

Casos em Curitiba e no Paraná

No sábado (27), a Secretaria Municipal da Saúde confirmou mais seis óbitos e ainda mais 98 casos de coronavírus na cidade. Com os novos registros, Curitiba soma 133 mortes e 4.199 infectados com a doença.

A situação do coronavírus no estado registrou o maior número de casos em um só dia no boletim deste sábado. São mais 1.135 diagnósticos de coronavírus de residentes no Paraná. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, é o maior número de casos confirmados em um só dia desde o início do monitoramento. Ao todo são 19.598 casos da doença no Paraná, 562 óbitos.


Precisamos do seu apoio neste momento!

Este conteúdo te ajudou? Curtiu a forma que está apresentado? Bem, se você chegou até aqui acredito que ficou bacana, né?

Neste cenário de pandemia, nós da Tribuna intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise. Bora ajudar?

Ao contribuir com a Tribuna, você ajuda a transformar vidas, como estas

– Pai vende vende 1000 bilhetes de rifa com a ajuda da Tribuna pra salvar o filho
– Leitores da Tribuna fazem doação de “estoque” de fraldas para quíntuplos
– Leitores se unem para ajudar catadora de papel de 72 anos

E tem várias outras aqui!

Se você já está convencido do valor de sua ajuda, clique no botão abaixo