Para poder concorrer com aplicativos como Uber e 99, a própria prefeitura de Curitiba vai lançar um aplicativo exclusivo de táxi que dará desconto de até 40% nas corridas. O app também vai permitir corridas com preços fixos, calculados pelo próprio sistema. Além disso, os taxistas também poderão isentar os passageiros do valor da bandeirada, de R$ 5,40, para quem estiver a menos de 1 km de distância

Chamado de Urbs Táxi Curitiba, em referência à empresa municipal que gerencia o transporte público da capital, o app terá 3,8 mil táxis cadastrados. O aplicativo estará disponível nos próximos dias para download gratuito na Google Play Store e na Apple Store para plataformas Android e iOS respectivamente.

Leia + Fusca roda Curitiba em busca de tecnologia

O prefeito Rafael Greca (DEM) ressalta que o aplicativo cumpre a promessa de sua gestão de levar modernidade ao setor de táxis. “Me incomodava o fato de os táxis terem perdido espaço para os aplicativos particulares”, afirmou Greca ao site site da prefeitura.

O funcionamento do Urbs Táxi Curitiba será semelhante ao dos aplicativos de transporte privado. O passageiro define o endereço para onde vai e a forma de pagamento: dinheiro, cartão de débito ou crédito. A partir dessas informações ele confirma a solicitação de corrida. A Urbs não terá ganho algum e nem custo com o serviço.

“Os taxistas ganharão competitividade no mercado, com opções de descontos que devem garantir um volume maior de corridas. A Urbs poderá gerenciar esse serviço, orientando para os taxistas, por exemplo, para locais de maior demanda, como shows e eventos”, diz o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

Outra novidade do aplicativo da prefeitura é a possibilidade de corridas com preço fixo. Neste caso, o passageiro terá calculado uma estimativa do valor da corrida pelo app. Se o aplicativo estimar a corrida em R$ 20, por exemplo, o preço permanecerá R$ 20 independente do trânsito ou do tempo que levar a corrida. Também não haverá tarifa dinâmica.

Ganho dos taxistas

Do valor da corrida, apenas 1,89% ficará com o aplicativo, valor bem menor do que os 25% em média que são cobrados por outros apps de corridas.A Urbs não lucrará com o aplicativa, a taxa é somente para administração do sistema.

Ainda de vantagens para o taxista, o Greca também determinou isenção de outorga para táxis que rodarem com veículos elétricos. Além disso, a licença de taxista poderá ser paga em dez vezes a partir de 2020.       https://www.tribunapr.com.br/noticias/curitiba-regiao/previsao-do-tempo-temporal-curitiba-parana/