enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Será?

Novo comandante da PM diz que Curitiba é uma das capitais mais seguras do país

  • Por Angieli Maros - Gazeta Do Povo
Sob os olhares atentos do governador Ratinho Jr, ex-comandante passa cargo para novo chefe da PM, coronel Péricles. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo

O novo comandante-geral da Polícia Militar do Paraná (PM), coronel Péricles de Matos, afirmou nesta terça-feira (8) que Curitiba é uma das capitais mais seguras do país. A declaração foi dada antes da solenidade que o oficializou no mais alto cargo da corporação. Na cerimônia, o coronel também disse que, ao contrário de outras polícias do Brasil, a PM paranaense não tem uma imagem ligada à violência.

Em entrevista antes da posse, o coronel destacou que a inteligência por trás do sistema 190 da PM forma um banco de dados que permite antecipar a ocorrência de crimes e, assim, conter os índices de criminalidade na capital. “Nossas decisões são antecipadas, mas o crime possui uma coisa chamada tectonismo e plasticidade. Ou seja, quando aplicamos o policiamento em um bairro de Curitiba, aquele que opta pela delinquência vai para outro local que não tem policiamento. Mesmo assim nós conseguimos antecipar as ações de modo que hoje, especificamente, Curitiba é uma das capitais mais seguras do Brasil”, declarou o novo comandante.

+ Leia também: Ratinho reconhece falta de PMs, mas alega não ter dinheiro para contratar

Apesar da declaração do coronel Péricles, os índices de violência na capital paranaense seguem em situação preocupante. De janeiro a setembro de 2018, a cidade registrou 238 casos de homicídios. Além disso, o novo comandante terá a responsabilidade de tentar contornar problemas que assolam Curitiba e região metropolitana nos últimos anos, como a onda de assaltos e arrastões a ônibus do transporte público (em 2018, até outubro, foram 224); assaltos a redes de supermercados; explosões de bancos (na madrugada desta terça, houve mais um caso em Colombo), fora os furtos e assaltos no comércio e a residência, que, além de prejuízos, têm mudado a rotina de comerciantes.

PM benquista

Sobre a suspeita de que policiais militares tenham participado do incêndio de barracos em dezembro na Vila Corbélia, na CIC, após o assassinato de um PM, o novo comandante nega que a corporação tenha um perfil violento. À época, a PM afirmou que o incêndio foi uma ação do crime organizado para atrapalhar o trabalho da Polícia Militar. Entretanto, a própria Corregedoria da Polícia Militar identificou e afastou dois PMs que foram flagrados à paisana atirando contra casas na vila pouco antes do incêndio.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias de hoje sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Antes, em outubro de 2018, moradores do bairro Cajuru protestaram dois dias depredando e incendiando ônibus contra um suposto abuso da PM. A manifestação ocorreu após a morte de Ruhan Luiz Machado, de 20 anos, em um suposto confronto com a polícia. A família do rapaz, entretanto, afirma que ele não tinha envolvimento com o crime e que teria sido executado pela PM com cinco tiros na cabeça. Já os policiais disseram que ele estava em um grupo que reagiu à abordagem policial.

“Talvez essa imagem de violência seja nacional, mas não corresponde com a imagem do Paraná. A polícia do Paraná é extremamente benquista pela sua população”, completou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Segundo o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço do Ministério Público do Paraná, Curitiba foi o município paranaense com mais casos de mortes decorrentes de intervenção policial em 2017, com 43 mortes, seguido de São José dos Pinhais, com 12, e Londrina, com 11.

Na emergência, chamo o Samu ou o Siate? Qual a melhor forma de acionar as ambulâncias?

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

14 Comentários em "Novo comandante da PM diz que Curitiba é uma das capitais mais seguras do país"


Fer  Nanda
Fer Nanda
2 meses 15 dias atrás

tanta coisa boa que o novo Comandante falou no discurso e isso que é retratado e destacado pela mídia. Muito triste!

Tsáh La
Tsáh La
2 meses 15 dias atrás

Curitiba é bem segura, sim! Os assaltos, homicídios e o tráfico de drogas que come solto, são tudo FAKE NEWS. Os pograminha sensacionalistas da hora do rango, piram com as morti.

Cristiano  Santos
Cristiano Santos
2 meses 15 dias atrás

Já começou mal

Tiago Ribas
Tiago Ribas
2 meses 15 dias atrás

O Comandante deve ser morador do Alphaville, por isso acha isso!

Mário
Mário
2 meses 15 dias atrás

Comparada com Rio , Belém , Fortaleza , São Paulo , Maceió , até vai .

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas