O amigo de um lojista da Travessa Itararé, rua próximo ao Terminal Guadalupe, no Centro, que descarregava algumas mercadorias, tentou impedir um furto e acabou sendo ferido. Foi por volta das 10h15 deste domingo (9). A mulher, que tentava levar o pneu de um carro, conseguiu fugir.

Segundo os socorristas do Corpo de Bombeiros, o homem, de 62 anos, viu quando a mulher estava em cima de um carro, como se estivesse mexendo. Ao sair para ver o que era, viu que ela estava prestes a furtar o pneu.

“Ao tentar intervir, a mulher, visivelmente usuária de drogas, partiu pra cima do homem e o agrediu com uma chave de fenda”, contou o tenente Tiago. A bandida só parou de bater no idoso quando outras pessoas ouviram os gritos e conseguiram evitar algo pior, mas ela fugiu. “Antes de fugir, deu um show e, por pouco, não tirou as roupas”, contou um comerciante.

Os golpes de chave de fenda acertaram o braço do idoso, que precisou ser atendidos socorristas do Siate. “Apesar do susto, os ferimentos foram leves. Mas ele precisou de ter o braço enfaixado e foi encaminhado ao hospital”, explicou o tenente.

Comparsas

A informação recebida pela polícia é de que a mulher sempre está acompanhada por dois homens. Apesar disso, no momento da ação deste domingo ela estava sozinha. “Na hora do desespero, ninguém conseguiu ver para onde fugiu. Mas provavelmente ficou em ruas próximas, pois eles não vão muito longe”, disse uma das comerciantes que viu praticamente toda a ação.

Nem a mulher, muito menos os supostos comparsas dela foram localizados. A suspeita é de que os mesmos moradores de rua estejam envolvidos em roubo de pneus no centro. Todos por causa de um único motivo: trocar por crack.

Paraná Online no Facebook