Luciano Alves, 41 anos, morreu provavelmente afogado, entre a noite deste sábado (16) e madrugada de domingo (17). O corpo dele foi encontrado por volta das 7h da manhã, caído num riacho que margeia a Avenida Presidente Affonso Camargo, no bairro Capão da Imbuia, em Curitiba, bem na divisa com o município de Pinhais, na região metropolitana. A bicicleta que estava com Luciano sumiu.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Como a vítima morava bem perto, vários de seus amigos e familiares acompanharam o resgate do corpo de dentro do riacho. Eles contaram aos investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que, na noite anterior, ele estava no bar ali perto bebendo com os amigos, até umas 20h. Depois, saiu com a bicicleta para ir pra casa.

+Leia também: Bandidos levam o fusca ‘Xodó’ e deixam aposentado doente de saudade

Acredita-se que, antes ou depois de passar pela ponte do riacho, Luciano se desequilibrou e caiu dentro da água, visto que havia uma marca de “escorregão” na beira do córrego. Não conseguiu levantar e ficou com o rosto submerso. Peritos estiveram no local, mas não souberam determinar de imediato a causa da morte, visto que o corpo não tinha nenhum indício de violência (tiros, facadas, agressão, etc.). No Instituto Médico-Legal (IML) irão verificar com exames se pode ser um afogamento.

A bicicleta que estava com Luciano sumiu. Suspeita-se que alguém que passou pela ponte aproveitou-se da situação da vítima e furtou o objeto.

Roubo a motorista de app acaba em troca de tiros, perseguição e acidente em bairro de Curitiba