A previsão do Sistema de Meteorologia do Paraná (Simepar) é de que a semana tenha tempo instável em todo o estado. A Defesa Civil de Curitiba emitiu um novo alerta que prevê a possibilidade de chuva, ventos intensos e queda de granizo entre a noite desta segunda-feira (16) e todo o dia da terça-feira (17). Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) a chuva pode chegar a 50mm/dia.  

Se puder, o cidadão deve evitar sair de casa. “Remarque compromissos que podem ser adiados e espere a tempestade passar”, diz o coordenador da Defesa Civil, Nelson de Lima Ribeiro.

+ Não perca: Restaurante, academia e bar: estudo mostra locais com maior risco de infecção por coronavírus

Caso esteja na rua e comece uma forte chuva, com ventos fortes e queda de granizo, a Defesa Civil recomenda que o motorista estacione em um lugar seguro e evite ficar parado embaixo de árvores e em postos de gasolina, que costumam ter estruturas mais frágeis.

“Se não conseguir estacionar imediatamente, o ideal é dirigir em velocidade moderada para ter tempo de reação e não sofrer nem causar acidentes. E se estiver a pé, procure entrar em um estabelecimento ou lugar com proteção mais segura”, acrescenta.

+ Leia também: Candidatos a prefeito no interior do Paraná recebem a mesma quantidade de votos

Parar perto de árvores é arriscado. Um grande galho ou a árvore podem cair em cima do veículo e ferir os ocupantes. Além disso, a árvore pode atrair raios e a descarga elétrica atingir os veículos.

Raios

Quando houver a iminência de raios, o ideal é que se desliguem todos os equipamentos eletrônicos que estiverem na tomada. O raio pode conduzir a energia elétrica para dentro de casa e danificar os equipamentos, podendo até causar um curto-circuito e começar um incêndio.

Segundo a Defesa Civil é importante que, na hora da tempestade, as pessoas evitem usar celulares, computadores, telefones fixos, batedeiras, liquidificadores e outros equipamentos eletrônicos, principalmente quando ligados na tomada. 

Deu ruim? Saiba pra onde ligar!

Em caso de emergência, ligue para 199 (Defesa Civil – dúvidas, informações ou emergências, como alagamentos), 153 (Guarda Municipal, para o fornecimento de lona), 156 (Central de Atendimento ao Cidadão da Prefeitura, para comunicar quedas de árvore) ou 193 (Corpo de Bombeiros – resgate).