enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Rio Belém

Corpo de homem desaparecido há duas semanas é achado 23 km distante de acidente

  • Por Angieli Maros - Gazeta Do Povo
Bombeiros fizeram buscas no local do acidente, no bairro Boqueirão. Foto: Marco Charneski/Arquivo
Bombeiros fizeram buscas no local do acidente, no bairro Boqueirão. Foto: Marco Charneski/Arquivo

Os bombeiros encontraram no fim da tarde de quinta-feira (8), em um trecho do Rio Iguaçu no bairro Caximba, região sul de Curitiba, o corpo do homem desaparecido há 14 dias. O carro em que a vítima estava caiu em um córrego afluente do Rio Belém, no bairro Boqueirão, no dia 24 de fevereiro, após acidente de trânsito. Desde então, equipes do Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost), unidade do Corpo de Bombeiros especializada em buscas e resgates, procuravam o corpo, que foi encontrado preso na beira do Rio Iguaçu, a 23 km do local houve o acidente com o carro.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

O homem foi encontrado em uma extensão do Rio Belém que atravessa a região do Caximba, próximo à divisa entre Curitiba e a cidade Fazenda Rio Grande. Os bombeiros trabalhavam nas buscas quando avistaram um acúmulo de lixo em uma das margens. Ao revirarem os materiais, localizaram o corpo preso na parte de baixo. No Instituto Médico Legal (IML), a família reconheceu a vítima.

+Caçadores! Histórias esquisitas, lendas e o futuro! Tudo sobre a ‘avenida das boates’ de Curitiba

Embora o corpo tenha sido encontrado a 23 km do ponto do desaparecimento, o Corpo de Bombeiros percorreu uma distância de 70 km na tentativa de localizar a vítima. As equipes mobilizadas chegaram até o Rio Canivete, em Balsa Nova, também na região metropolitana, em trabalhos que envolveram até mesmo o helicóptero da Polícia Militar.

Mesmo com duas semanas de busca, o Gost informou que não havia previsão de suspender os trabalhos caso a vítima ainda não houvesse sido localizada. “A questão da suspensão no 15.º dia não é uma regra. Se o comando julgasse necessário, as buscas poderiam ter sido interrompidas já nos primeiros dias, mas como a gente tinha certeza de que ele estava no rio, não foi suspenso”, explicou o tenente Luiz Henrique Vojciechovski, do Gost.

Relembre o caso

A vítima, um homem de 60 anos, estava com a esposa quando se envolveu em um acidente na Avenida Marechal Floriano Peixoto na esquina com a Rua Evaristo da Veiga, no Boqueirão. O carro caiu no córrego e foi arrastado por pelo menos quatro quadras antes de parar na altura da Rua das Carmelitas. A mulher conseguiu deixar o carro e foi socorrida com ferimentos leves.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Bastante querido, PM morre após bater contra poste em Curitiba

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas