O Relógio das Flores, tradicional ponto turístico de Curitiba, voltou a funcionar na manhã de ontem após três anos parado. Em junho, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, através do departamento de Parques e Praças, contratou a empresa Dimep para trocar todo o sistema de funcionamento do relógio.

Foram investidos R$ 36,2 mil. Localizado na Praça Garibaldi, o Relógio das Flores é um presente que a cidade ganhou de joalheiros em 1972. Possui oito metros de diâmetro e as flores que compõem os números são trocadas a cada estação do ano.