O temporal que durou quatro horas ontem castigou o município de Fernando Prestes, na região de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, deixando mais de 50 famílias desabrigadas, segundo informações da Polícia Militar do município. O Centro da cidade foi a principal região afetada. Um homem de 72 anos morreu arrastado pela enxurrada e um outro ficou desaparecido, mas já foi localizado. Os desabrigados estão sendo encaminhados ao ginásio de esporte e creches da prefeitura.

A prefeitura decretou estado de calamidade pública. A chuva destruiu casas e deixou a cidade totalmente ilhada, com interdições de pontes e das rodovias. As três entradas da cidade foram interditadas. Apenas a saída por Monte Alto e um desvio de terra da rodovia Washington Luís foram liberadas neste domingo. O córrego Mendes, que corta a cidade, transbordou, após atingir cinco metros acima do nível normal, segundo a Defesa Civil do Estado.

De acordo com a Polícia Militar, as ruas da cidade foram lavadas durante a noite e madrugada por dois caminhões-pipa de uma usina. Na manhã de hoje, os moradores limparam as sujeiras deixadas pela chuva.