Brasília (ABr) – O requerimento para que o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, compareça ao Senado para prestar esclarecimentos sobre a quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo Santos Costa será colocado em votação logo que seja desobstruída a pauta da Casa. A informação foi dada pelo senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN). O líder do PSDB, Arthur Virgílio (PSDB-AM), é o autor do requerimento.

A pauta do Senado está trancada por três medidas provisórias (MP). A primeira é a MP 278/06, que destina R$ 80 milhões ao Ministério da Integração Nacional para atendimento das populações vítimas de estiagens e de enchentes do início do ano nas regiões Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste.

A segunda é a MP 279/06, modificada pelo PLV 8/06, que aloca R$ 890 milhões ao Ministério das Cidades para obras de urbanização e construção de moradias para famílias de baixa renda. A terceira medida é a 280/06, que reajusta em 8% a tabela do Imposto de Renda Pessoa Física a partir de 1.º de fevereiro.