A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta madrugada a Operação Panaceia, com o objetivo de coibir o comércio de medicamentos via internet em sete Estados. Foram expedidos 20 mandados de busca e apreensão nos seguintes Estados: Rio de Janeiro, Maranhão, Minas Gerais, São Paulo, Paraíba, Santa Catarina e Ceará.

De acordo com a PF, o grupo negociava anabolizantes, abortivos, inibidores de apetite, medicamentos caseiros e fórmulas sem registros. Os produtos eram vendidos por meio de sites, classificados em jornais e redes sociais. A operação conta com o apoio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Quem comercializa medicamentos sem licença, além de multa, pode pegar até dez anos de prisão.