Os pré-candidatos do PDT à Prefeitura de Curitiba terão até o final de maio para tornar suas candidaturas viáveis eleitoralmente. A posição foi reafirmada ontem pelo presidente do diretório regional, senador Osmar Dias, durante reunião com o vereador Jorge Bernardi, presidente do partido em Curitiba. “Isto significa que o os pré-candidatos deverão apresentar índices nas pesquisas eleitorais que justifiquem o lançamento de uma candidatura própria do partido em Curitiba.

Caso contrário, deveremos estudar coligações na majoritaria, objetivando prepara o caminho para 2006 e também nossas candidaturas às prefeituras das principais cidades do interior, como Londrina, Cascavel, Foz do Iguaçu, Ponta Grossa, Maringá e outros municípios”, explicou o senador.

Para Bernardi, o PDT precisa caminhar com os pés no chão, sabendo que as eleições de 2004 podem pavimentar o caminho em 2006.