Mesmo internado, o vice-presidente José Alencar assumiu interinamente a Presidência da República, enquanto Luiz Inácio Lula da Silva estiver em viagem, segundo informou a Secretaria de Imprensa do Palácio do Planalto. Lula embarcou na manhã de hoje para a Guatemala e à noite vai a Cuba , onde permanece até terça (15).

José Alencar está internado desde a noite de sábado (12) no Hospital Sírio e Libanês, em São Paulo, para tratamento médico de um quadro infeccioso. De acordo com boletim médico divulgado ontem à tarde, o quadro geral de saúde de Alencar é estável.

Entre os dias 3 e 6 deste mês, o vice-presidente, que está sob os cuidados da equipe médica coordenada pelo médico Paulo Hoff, esteve internado no mesmo hospital para sessões de quimioterapia, que fazem parte do tratamento a que ele é submetido em razão de um tumor na região abdominal.

Em 30 de outubro do ano passado, Alencar, de 76 anos, foi submetido a uma cirurgia para retirada de um tumor. Foi a quinta operação do vice-presidente para a remoção de tumores.

Segundo esclareceu a assessoria de imprensa da Presidência da República, o fato de estar internado não impede necessariamente José Alencar de assumir a Presidência. Isso só aconteceria se ele próprio pedisse licença do cargo. Nesse caso, a Presidência da República seria exercida interinamente pelo presidente da Câmara dos Deputados, como prevê a Constituição.