Setenta vôos sofreram atrasos além de um hora e 30 foram cancelados, até as 11 horas desta terça, o que corresponde a 4,6% dos 1.510 vôos programados em 13 aeroportos do País, informou a Infraero. Nos dois principais aeroportos de São Paulo houve poucos atrasos.

Em Congonhas, de 249 vôos, dois operaram fora do horário previsto, o que equivale a 0,8%, e outros cinco foram cancelados. No Aeroporto de Guarulhos, onde 228 vôos estavam programados, 12 atrasaram (5,3%). Foram registrados ainda dez cancelamentos.

No balanço da Infraero, os aeroportos Antonio Carlos Jobim – Galeão (RJ) e Salgado Filho (RS), que ficaram fechados na manhã desta terça por causa de um forte nevoeiro, também apresentam poucos atrasos. No Galeão, dos 143 vôos programados, cinco sofreram atrasos e um foi cancelado. O Salgado Filho registrou apenas um atraso e um cancelamento em 53 vôos.

O maior número de atraso desta terça ocorreu nos aeroportos Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília, e Pinto Martins, em Fortaleza (CE). Com 117 vôos programados, o primeiro teve 11 atrasos (9,4%) e dois cancelamentos. No segundo, dez de 54 vôos atrasaram, 18,5% do total, e três foram cancelados.