enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Graziano recebe doações para Fome Zero

  • Por Agência Estado

Brasília  – O ministro da Segurança Alimentar, José Graziano, receberá hoje, simbolicamente, os caminhões com o primeiro lote de alimentos doados pelas cooperativas ao programa Fome Zero. São 4 mil toneladas de alimentos. Entre as doações, 40% são de cestas básicas. Nessa primeira fase, além de doar os alimentos, as cooperativas também pagarão os impostos e os custos de transporte até os armazéns regionais da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Mas para os próximos lotes de doação, onde esperam arrecadar 24 mil toneladas até o fim do ano, as cooperativas querem isenção dos impostos.

“Doaremos esses alimentos com nota fiscal e imposto recolhido”, afirmou o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas, mas adiantou que as cooperativas pedirão apoio ao Ministério da Segurança Alimentar para solicitar ao Ministério da Fazenda a isenção dos tributos para os próximos lotes doados. “Se fossemos esperar uma decisão sobre a isenção de impostos, as primeiras doações poderiam levar meses para serem feitas”, alega o coordenador nacional do projeto cooperativista de apoio ao Fome Zero, Roberto Baggio.

O coordenador lembra que para não ficar na dependência de acordos tributários, ficou acertado que as doações acima de 10 toneladas serão encaminhadas às unidades regionais da Conab, pagando impostos mais altos. As doações inferiores a 10 toneladas serão encaminhadas aos conselhos municipais e distribuídas regionalmente. Nesse último caso, também seriam incluídas as doações de alimentos perecíveis, como frango congelado e leite. Baggio estima que, do primeiro lote de 4 mil toneladas, a maior parte será distribuída regionalmente.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas