Brasília – Será retomado nesta quarta-feira (31), na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, o ciclo de audiências públicas sobre a proposta de emenda à Constituição que trata da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) e a Desvinculação das Receitas da União (DRU).

De manhã, devem participar da audiência os ex-ministros da Fazenda Antonio Palocci e Pedro Malan. Às 10 horas, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, deve apresentar aos senadores documento com mais de 1 milhão de assinaturas contra a prorrogação do imposto.

O governo tem pressa na aprovação da proposta, já que a contribuição perde a validade em 31 de dezembro. A prorrogação precisa ser aprovada até essa data para que a CPMF continue em vigor nos próximos quatro anos.