Três bombeiros do Paraná, considerados “altamente qualificados”, foram enviados ao Estado de Minas Gerais, na noite deste domingo (27), para atuar nos trabalhos de resgate na região de Brumadinho, após o rompimento de uma barragem da mineradora Vale, na última sexta-feira (25). De acordo com informações do Governo do Paraná, em um primeiro momento, os bombeiros, que pertencem ao Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost), vão fazer levantamento de informações e preparar as atividades das forças paranaenses para futura convocação da Defesa Civil de Minas Gerais para reforçar as buscas por sobreviventes.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

“A equipe precursora enviada servirá como ‘ponta de lança’ e os militares serão a ligação caso sejamos demandados a colaborar nas buscas às vítimas. Quando isso ocorrer, eles já terão conhecimento da dinâmica local para orientarem os demais militares que por ventura sejam enviados para apoiar os bravos bombeiros daquela localidade”, afirmou o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, Luiz Felipe Carbonell, que fez um acordo para o envio da equipe com o Secretário de Segurança de Minas Gerais, general Mario Lucio Alves de Araújo.

O deslocamento e a logística dos bombeiros estão sendo custeados pelo Paraná. A equipe viajou de viatura Auto Busca e Salvamento (ABS), tipo pick-up, tração 4×4, que é ideal para o tipo de terreno que vão enfrentar.

+Leia mais: Caso de Brumadinho pode se tornar o pior acidente de trabalho do País. Já são 60 mortos!

Qualificação

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Samuel Prestes, o Paraná possui uma equipe altamente qualificada e com experiência neste tipo de operação. “Já trabalhamos em auxílio ao Estado de Santa Catarina no episódio ocorrido em Itajaí em 2008 [deslizamento de terra] e também em auxílio ao Estado de Piauí, no rompimento da Represa de Algodões”, relembrou.

Entre os bombeiros enviados neste domingo para Minas, estão o comandante do Gost, capitão Daniel Lorenzetto; o chefe de Operações Terrestres do Gost, tenente Luiz Henrique Vojciechovski; e o sargento Guilherme Berwanger, especialista em busca e resgate em estruturas colapsadas.

LEIA MAIS sobre a tragédia em Brumadinho:

Sexta (25)

Assista o vídeo com as primeiras imagens da tragédia e o trabalho dos Bombeiros

Vale divulga lista com desaparecidos; Familiares fazem buscas por conta própria

Sábado (26)

Bolsonaro após sobrevoar Brumadinho: “Difícil ficar diante desse cenário e não se emocionar”

Domingo (27)

Corpo de Bombeiros dá alerta de evacuação para 4 zonas de risco

Com risco de romper, barragem 6 da Vale tem até 4 mi/m3 de capacidade

Secretário de Guedes pede ajuda de startups para Brumadinho

Agência detectou 54 barragens no Brasil de água com problemas de infraestrutura

Israel diz que delegação de 130 homens e mulheres está a caminho de Brumadinho

Depois de sobrevoar Brumadinho, Bolsonaro se interna para retirar bolsa de colostomia

Segunda-feira (28)

‘Tenho de dar graças a Deus de conseguir enterrar o corpo, diz mulher de vítima

Justiça trabalhista em MG determina bloqueio de R$ 800 milhões da Vale

Caso de Brumadinho pode se tornar o pior acidente de trabalho do País. Já são 60 mortos!

Militares de Israel vão usar detectores de calor

No 4º dia de buscas, 280 bombeiros atuam em Brumadinho