O Banco Central acredita que a contínua redução da taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, já começa a estimular os bancos privados a aumentar o volume de empréstimos. Segundo estudo mensal sobre juros bancários divulgado ontem pelo BC, o volume total de empréstimos bancários atingiu em novembro R$ 404,8 bilhões. Isso representa um crescimento de 2,5% sobre o mês anterior e uma alta de 7% nos 11 primeiros meses do ano na comparação com o mesmo período de 2002. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)