auto12190407.jpgFascinação à primeira vista. Foi o objetivo dos estilistas quando criaram seus desenhos para o Mercedes CLS. Apesar de ter quatro portas, o bólido tem linhas de um cupê, passando esportividade. Integra o grupo de modelos mais sofisticados da marca alemã, esbanjando conforto e luxo.

Com base em características familiares, ele apresenta uma linha de estilo que suavemente concilia características contraditórias, como dinamismo e tamanho, potência e elegância, apelo estético e praticidade. Desta forma, o estilo reflete o caráter emocional focalizado na experiência do CLS.

auto13190407.jpgO estilo frontal do cupê CLS parece tanto novo quanto familiar. Novo, porque os faróis criam uma face Mercedes-Benz diferente e interessante, e familiar devido à típica grade laminada do radiador com a estrela centralizada.

Em seu interior, cores atraentes e materiais de alta qualidade são um convite ao desfrute. Couro e madeira são os principais elementos de estilo. O painel de instrumentos do CLS 350 combina características clássicas e modernas.

Como um grande instrumento indicador, o velocímetro localizado centralmente é flanqueado por dois instrumentos menores para as rotações do motor e o relógio, bem como dois mostradores gráficos externos mostrando o nível de combustível e a temperatura do motor. Mostradores pretos e acabamentos cromados brilhantes enfatizam a aparência de alta qualidade.

auto14190407.jpgA peça central do conceito ergonômico é o volante de quatro raios, cujos botões iluminados permitem o acesso às informações  ao toque dos polegares. Rádio, telefone, sistema de navegação e outras unidades podem ser facilmente operados sem distrações. Com este singular conceito de cupê de quatro portas, a Mercedes-Benz conseguiu combinar a excitação do formato cupê com o conforto e a praticidade diária de um sedã. (BN)

Olho clínico

O CSL 350 tem a ergonomia típica de um Mercedes-Benz, que simplifica a operação de diferentes sistemas de bordo e assegura que o motorista possa desfrutar cada quilômetro. Mas ao sentar pela primeira vez no banco do motorista para dirigir esse moderno cupê, as coisas se complicam.

auto16190407.jpgAcionar corretamente seus comandos exige alguns minutos de reconhecimento, para dirigi-lo sem cometer gafes.

Seus assentos contribuem para o alto nível de conforto e luxuosa atmosfera a bordo do CLS. São estofados em couro de alta qualidade, com ajuste elétrico de distância, altura e ângulo, combinados com função de memória. Permite que os ajustes individuais para o volante, espelhos externos, assento e protetores de cabeça sejam armazenados. Os dados são transferidos para a chave eletrônica e são recuperados sempre que o motor é ligado.

auto15190407.jpgVários são os itens de segurança. Para começar, há air-bags frontais, laterais e nas janelas, que inflam conforme a força de impacto da colisão.

Os freios SBC (Sensotronic Brake Control) dispensam o hidrovácuo e atuam com mais precisão que os sistemas convencionais. Uma simples olhada no porta-malas também mostra que o Classe CLS é um carro de turismo completo para quatro ocupantes. O posicionamento do tanque de combustível, sob os assentos traseiros, permite que ele ofereça uma boa capacidade de bagagem.

auto17190407.jpgO cupê CLS 350 é equipado com a nova geração de motores V6 Mercedes-Benz, que já equipam as Classes C, E, SLK, CLK e M no Brasil. Com motor de 3.5 litros e 272 cavalos de potência, o CLS 350 acelera de 0 a 100 km/h em 7 segundos e atinge uma velocidade máxima de 250 km/h. Este desempenho, segundo a montadora alemã, é facilitado pela transmissão automática 7G-TRONIC.

Nas nossas mãos, o cupê impressionou pelo silêncio ao rodar, conforto, estabilidade e segurança em ultrapassagens. É um carro que chama a atenção por onde passa. A se lamentar somente o preço: R$ 310 mil. Ou seja, um carro para poucos! (BN)

Ficha técnica

Motor: V6, 4 válvulas por cilindro

Cilindrada: 3.498 cc

Potência: 272 cv a 6.000

Torque: 350 Nm de 2.400 a 5.000 rpm

Taxa de compressão: 10,5 : 1

Comprimento: 4.532 mm

Largura: 1.977 mm

Altura: 1.426 mm

Porta-malas: 455 litros

Peso: 1.570 kg

Suspensão: Dianteira: McPherson com molas espirais e amortecedores a gás, estabilizador, anti-mergulho; Traseira: Multi-link com molas espirais e amortecedores a gás, estabilizador e anti-mergulho

Freios: Na frente, discos ventilados com 270 mm de diâmetro

com ABS de quatro canais e sensores com controle eletrônico de distribuição e força. Na traseira, tambor com 228,6 mm de diâmetro

Desempenho e consumo:

Aceleração 0-100 km/h: 6,4 s

Velocidade máxima: 250 km/h

Consumo urbano: 5,3 km/l

Consumo na estrada: 10,0 km/l