Agora é oficial. Já está nas revendas da marca a quarta geração do Honda CR-V, que chega em três versões de acabamento: LX 4×2 mecânico, R$ 84.900; LX 4×2 automático, R$ 87.900, e, ELX 4×4 automático, R$ 103.200, com frete incluso (base Estado de São Paulo).

Ele tem espaço de utilitário, a versatilidade de uma minivan e a dirigibilidade do sedan. Isso já é suficiente para transformá-lo em um dos veículos mais vendidos em sua categoria. Mas o Honda CR-V evoluiu. Sua quarta geração chega à rede de concessionárias mais inteligente. A linha 2012 incorporou o que há de mais avançado quando se fala em tecnologia automotiva. Nela , você pode fazer tudo. Falar ao telefone sem tirar a mão do volante e ter uma condução economicamente com um simples toque em um botão são apenas alguns desses detalhes. Ele é prazeroso para pilotar e ainda conta com interação inteligente. O Honda CR-V vem com todo o pacote tecnológico que também passou a fazer parte da 9ª geração do Honda Civic, lançado no início deste ano no país e que já se tornou referência no segmento de sedans.

O grande atrativo da nova geração é o i-MID (intelligent Multi-Information Display), Trata-se de uma central inteligente, que exibe em uma tela de LCD diversas informações, como sistemas de áudio e de navegação, computador de bordo, imagem da câmera de ré e conexão Bluetooth, e opera como interface para customização do veículo. Isso sem contar o botão ECON, que ativa e desativa a função de assistência à condução econômica.    A partir deste ano, o Honda CR-V também recebeu mais uma opção em sua linha. Até então, o modelo era comercializado com a transmissão automática em suas duas versões (LX e EXL). A partir de agora, o crossover importado do México oferecerá um modelo com transmissão manual para a versão de entrada, a LX. O modelo também ganhou um design mais atraente e também ficou mais potente com seu novo motor de 155 cv.

Além disso, novos itens de segurança incluídos na versão EXL, como os sistemas MA-EPS (Motion Adaptive Electric Power Steering), que colabora à estabilidade do veículo, e HSA (Hill Start Assist), que auxilia a subida mantendo acionado o freio por até três segundos depois que o motorista tira o pé do pedal, estão entre as evoluções que deixaram o veículo completo. Esses e outros detalhes retratam um modelo em constante evolução nesses 15 anos de existência e que caiu nas graças do consumidor brasileiro e mundial. Atualmente, o Honda CR-V está disponível em 160 países e contabiliza 500 mil unidades comercializadas em todo o mundo. Desde 1997, soma aproximadamente cinco milhões de unidades emplacadas. No Brasil, o CR-V começou a ser importado a partir de 2000. Para se ter idéia, ultrapassou a casa das 25 mil unidades comercializadas somente nos dois últimos anos.