enkontra.com
Fechar busca

Notícias

Anvisa não notificou casos de nova doença respiratória no Brasil

  • Por Agência Brasil

Nenhum caso suspeito da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SRAS), foi detectado, até o momento, no Brasil, segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A nova doença, definida como uma pneumonia atípica, já causou a morte de 14 pessoas em vários países. Em São Paulo, os profissionais da área de inspeção e vigilância sanitária nas áreas aeroportuárias foram orientados para detectar eventuais portadores ou suspeitos de terem contraído a doença. Segundo a médica epidemiologista e sanitarista do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, Niuma Hidalgo, as 24 divisões do órgão foram preparadas para repassar orientações aos profissionais de saúde no sentido de serem notificados os atendimentos da doença.

Esse trabalho foi elaborado a partir do alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre os surtos de SRAS. Segundo a OMS, até o último dia 15, foram registrados 150 casos em 8 países. Ainda não há informações sobre o agente etiológico, mas acredita-se que a forma de transmissão mais provável seja entre pessoas que tiveram contato íntimo com os pacientes. De acordo com a OMS, não tem sido satisfatória a resposta aos antibióticos e aos antivirais, e os casos estão concentrados em adultos, incluindo profissionais que prestaram assistência a alguns pacientes.
As características definidas como sintomáticas são: febre alta, acompanhada de tosse, fadiga ou dispnéia. O portador também pode apresentar outros sintomas associados: cefaléia, anorexia, confusão mental, mal estar, erupção cutânea e diarréia.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas