O vice-presidente da República, José Alencar, negou nesta manhã, de forma veemente, que vai ingressar no PMDB para poder continuar como vice do presidente Lula. Em entrevista concedida à reportagem da Rádio Jovem Pan, o vice-presidente assegurou que jamais faria isso com seu partido, o PRB. Ele disse que, apesar de pequeno, a agremiação é honrada.

José Alencar declarou que o próprio PMDB ficaria decepcionado se ele tomasse uma atitude como essa. Ele afirmou, no entanto, que tem vários amigos no partido e que por isso seria até natural que voltasse para lá. No entanto, deixou bem claro que esse retorno não se dará nessas condições.

Quanto ao seu futuro político, o vice-presidente declarou que, se dependesse da família, ficaria em casa. Para ele, no entanto, política só tem uma porta, que é a de entrada. Apesar disso, José Alencar falou que ainda não definiu o que vai fazer.

O vice-presidente aproveitou a oportunidade e mais uma vez criticou a política econômica do governo Lula. Segundo ele, o Brasil é um país muito rico, como grande força de competitividade que não precisaria de juros tão altos.