Os advogados do traficante Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, condenado
hoje de manhã a 28 anos e meio de prisão pela morte do jornalista Tim Lopes, já
disseram que vão recorrer da decisão do 1º Tribunal do Júri. Eles acreditam que
os jurados foram influenciados pela imprensa. Hoje durante o julgamento, um dos
advogados, Célio Maciel, disse que "se dependesse da imprensa", seu cliente "já
estaria condenado". "Não precisaria nem haver julgamento", afirmou.