“Celebrate”, a última canção de Whitney Houston, foi divulgada na segunda-feira, no programa de rádio de Ryan Seacrest, apresentador do “American Idol”, um dia depois da finada diva ter sido homenageada no Billboard Music Awards. Trata-se um dueto com a cantora de R&B e vencedora do “American Idol”, Jordin Sparks, que cantou “I Will Always Love You”, em homenagem a Whitney, no domingo, e lembrou a cantora como uma pessoa “gentil” e “engraçada” durante a cerimônia.

Produzida por R. Kelly, “Celebrate” será lançada comercialmente no dia 5 de junho, como trilha sonora do filme “Sparkle”, uma refilmagem de um filme de 1976 sobre um grupo de cantoras de Motown. A canção é puro dance pop esperançoso, com Whitney fazendo o segundo violino para Sparks. A novata ofusca a diva ao assumir o papel principal nas melodias, algo que aconteceria naturalmente, é provável, mas também é uma nítida decisão dos produtores. Colocar Whitney em segundo plano, nas melodias mais graves, indica o estado fragilizado em que estava sua voz no fim de sua carreira.

Em “Sparkle”, em que também estrela Jordin Sparks e Cee Lo Green, e será lançado nos Estados Unidos, em agosto, Whitney vive uma cantora esquecida que vê suas filhas alcançarem o sucesso. O roteiro é padrão: as meninas descobrem que sabem cantar, formam o grupo e ficam famosas. Sucede o drama pessoal e familiar de jovens garotas tentando lidar com o sucesso e, consequentemente, com o vício em drogas. Além do dueto, Whitney canta pelo menos uma outra canção no filme: um a capela que ilustra bem como sua voz havia perdido o brilho na última década antes de sua morte, por afogamento, em uma banheira de hotel, em fevereiro deste ano. Na época de sua morte, Whitney já havia terminado seu trabalho no filme.

Na cerimônia de domingo, Pat Houston, sua cunhada, e sua filha com Bobby Brown, Bobbi Kristina Brown, receberam o prêmio.

Em outro noticiário, Bobbi Kristina está sendo investigada por ter, possivelmente, apostado em um cassino de Las Vegas. O site de celebridades TMZ postou um vídeo que aparenta ter imagens da menina jogando em máquinas caça-níqueis. A idade legal para fazer apostas em Nevada é de 21 anos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.