Antes mesmo que os anos 90 voltassem à tona em nossas lembranças, ele pesquisou e descobriu que isso um dia aconteceria. Atualmente, o cantor não só vive o resgate dessa fase de ouro como também comemora as boas conquistas que vem tendo desde então. Nesta sexta-feira (9), Salgadinho, uma das referências do samba dos anos 90, lançou sua nova música. Química do Amor, que teve participação de Mumuzinho e Suel, é mais do que um novo single, funciona também como uma boa mensagem de respeito às diferenças.

“Lá em 2011, mais ou menos, eu comecei a pensar em meu novo projeto e fiz uma pesquisa pelas rádios de São Paulo, foi aí que descobri que se tocava muito o som dos anos 90 e me impressionei com isso”, contou Salgadinho.

+Leia também: Veja como é o espetáculo da Turma da Mônica que chega a Curitiba em setembro!

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Vendo que haveria aí uma abertura futura desse resgate, Salgadinho criou um projeto que foi visto, inicialmente, como saudosista demais, mas que hoje fez total sentido. “Era o ‘Amigos do Pagode 90’. As pessoas disseram que eu era saudosista, me chamavam de maluco, mas na verdade foi um projeto criado com base nas pesquisas que eu mesmo fiz. Hoje ver que eu tive essa visão é incrível”.

Comparando com o passado, Salgadinho disse que nos anos 90 a facilidade de divulgar um novo trabalho, como uma música, por exemplo, era maior. “A cobrança também era diferente. Mas em contrapartida não vejo que naquela época era bom e hoje não. Penso que mudou e hoje temos um espaço diferente apenas”.

A nova música, ‘Química do Amor’, surgiu com a necessidade do cantor de passar uma mensagem para as pessoas sobre o respeito ao próximo. “E o mais engraçado é que quando peguei a música, tinha outro nome, mas ficou muito forte em mim um trecho que diz ‘aquela química do amor só você tem’, senti que deveria mudar de nome e, junto disso, mostrar às pessoas que essa competição do amor em várias vertentes é importante pelo tempo que a gente está vivendo hoje. É o que faz a gente suportar toda essa coisa negativa dos dias atuais no Brasil”. Veja o clipe:

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Vem mais aí!

Além da música, que foi disponibilizada nas plataformas digitais, ‘Química do Amor’ ganhou também um clipe, que chegou para realmente mostrar que precisa haver respeito às diferenças. No clipe, Salgadinho reuniu alguns casais e também pai e filho. “Acho que a mensagem é de entender o diferente, porque não isso está ao nosso controle, é da vida. Quis fazer essa amostra das relações porque a química do amor é a graça da vida”.

A nova música é o segundo lançamento de Salgadinho, que no começo do ano soltou uma música com participação de Ferrugem o que, para o cantor, mostra o quanto juntar forças na música pode ser importante. Para o projeto seriam, ao todo, cinco novas músicas, mas isso pode mudar. “Tínhamos pensado em cinco, mas já temos oito gravadas, então eu acho que o projeto começa a invadir a grade de 2020, dependendo, claro, das perspectivas do mercado”.

+Leia também: McDia Feliz acontece no próximo dia 24 e vai beneficiar duas instituições de Curitiba

Precursor do movimento pagode anos 90, Salgadinho já celebra 30 anos de estrada e inúmeros hits na carreira, mas avalia que o samba e o pagode nunca estiveram em baixa. “A sorte que o sambista tem é que o samba é a música mãe da música brasileira. Esse tipo de rotatividade do mercado vai acontecer sempre, mas vai ser sempre positivo para o samba”.

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Com resgate de vídeo cantando em sala de aula, Luan Santana comemora 12 anos de carreira