enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Em SP!

Roger Waters adere à campanha #EleNão e coloca Bolsonaro em lista de neofascistas

  • Por Estadão Conteúdo
Foto: Reprodução/Internet.

Roger Waters, um dos fundadores da banda de rock Pink Floyd, fez uma estreia polêmica no Brasil nesta terça-feira (9) em São Paulo. Com um show carregado de energia das mais diversas, ele se apresentou trazendo também a hashtag mais usada na internet nas eleições 2018: #EleNão. A plateia, obviamente, ficou dividida: alguns vaiaram, outros apoiaram e, por fim, o nome do candidato Jair Bolsonaro (PSL) ainda apareceu na lista de neofascistas do mundo no telão gigante do palco.

O cantor segue sua turnê pelo Brasil ao longo do mês de outubro, chegando a Curitiba no dia 27, justamente na véspera do segundo turno das eleições presidenciais. O show dele na capital paranaense aconteceu no Estádio Major Antônio Couto Pereira e a os ingressos estão à venda pelo site Tickets For Fun.

+Leia mais: Ausência de Bolsonaro pode render espaço ‘valioso’ a Haddad na TV

Como foi o show?

Apesar da polêmica, o show de Roger Waters entregou o que prometeu logo no início do show: a tensão  criada com a imagem em seu telão gigante, de uma mulher sentada à beira de um oceano, era incrível. Nela, o mundo está prestes a acabar, mas isso só vai ser revelado quando ele estiver próximo de aparecer no palco.

Breathe levantou as plateias lotadas, com mais uma revelação. No andar de cima das arquibancadas do Allianz Parque, em São Paulo, em cada lateral e ao fundo, Waters usou conjuntos de caixas de som que vão criar o efeito surround.

Time foi anunciada com o despertador de um relógio, e o som da plateia fica mais forte que o do palco. O rosto de Waters apareceu pela primeira vez no telão e pôde se perceber como os anos têm passado. Estava mais curvado. Os cabelos longos e mais finos, os olhos mais fundos. A força de sua voz provocou o mesmo efeito.

Welcome to the Machine chegou tensa e estrondosa. Waters estava no centro do palco como um integrante, sem o mesmo protagonismo cênico de suas turnês anteriores. Sua imagem não era a que mais aparecia no telão, o que dificultava a vida dos fãs mais distantes do palco.

+Leia mais: Veja quem pode assumir ministérios caso Bolsonaro vença a eleição

Repertório novo e grandes hits

De tão boas, as músicas do disco novo pareciam saídas de algum álbum do Pink Floyd. Deja Vu, a primeira delas, fez até setores da plateia vip, tradicionalmente a mais dispersa, se calar. Um feito. Depois de Picture That, Wish You Were Here. E a plateia cantou pela primeira vez uma canção inteira.

Another Brick in the Wall começou com 12 pessoas encapuçadas como se fossem reféns do Estado Islâmico, imóveis no palco, prestes a serem decapitadas. Quando chegou a parte do coro, elas retiram os capuzes. São todas crianças. Há um choque absurdo na plateia. Ao final da música, Waters explicou que todas as crianças são brasileiras.

Uma pausa de 20 minutos foi anunciada. Estavam previstas até o final mais nove músicas, com o bis. Uma batalha de gritos de guerra começou logo que as luzes foram acesas. “Fora PT” se revezava com “Ele não”. Foi então que apareceu a lista com os neofascistas no telão, incluindo o nome de Bolsonaro.

Foto: Reprodução/Internet.

Foto: Reprodução/Internet.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Lula manda Haddad não vir mais a Curitiba

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

79 Comentários em "Roger Waters adere à campanha #EleNão e coloca Bolsonaro em lista de neofascistas"


johan smith
johan smith
14 horas 27 minutos atrás

Ele é anarquista. Nem direita nem esquerda. Do tipo…hay gobierno?…soy contra!

Luiz Gabardo
Luiz Gabardo
3 dias 18 horas atrás

#FuckYouRogerWatersFag
IN ENGLAND – QUEEN BITCH
IN PQP – ROGER WATERS

Renato Da Silva Taborda
Renato Da Silva Taborda
3 dias 21 horas atrás

Ele colocou isso por que quem contratou este show foi beneficiado pela lei rouanet, eh o meu o seu dinheiro empregado nesse show, hipocritas aqueles que aplaudiram por que alem de estarem pagando caro o ingresso, ainda bancam o show, com dinheiro da saude, da educacao, seguranca etc.

Flavio Steiner
Flavio Steiner
4 dias 4 horas atrás

Ba ba ca! Cala a boca e faz o show. Foi pago pra isso. Se não sabe o que falar, fica quieto, animal! 17!

General
General
3 dias 23 horas atrás

kkkkkkkkkk…..kkkkkkk…seu comportamento está igual ao do seu candidato. Desqualificado, despreparado e destemperado…..kkkkkkk…valeu Roger Waters…..

Renato Da Silva Taborda
Renato Da Silva Taborda
3 dias 21 horas atrás

Ele colocou isso por que quem contratou este show foi beneficiado pela lei rouanet, eh o meu o seu dinheiro empregado nesse show, hipocritas aqueles que aplaudiram por que alem de estarem pagando caro o ingresso, ainda bancam o show, com dinheiro da saude, da educacao, seguranca etc.

Jalin Rabei
Jalin Rabei
4 dias 4 horas atrás

O estágio burro, presta atenção no que voce escreveu: O show dele na capital paranaense aconteceu no Estádio Major Antônio Couto Pereira. Aconteceu?????? Deve ser um petista FILHA DA PU+TA

1 2 3 9
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas