O Festival de Arte da Rede Estudantil (Fera) iniciou a quarta etapa na segunda-feira, em Dois Vizinhos. Ao todo o Festival reúne aproximadamente cinco alunos, sendo três mil da rede estadual e dois mil da rede municipal de ensino da cidade sede.

No primeiro dia, aproximadamente 40 ônibus formaram uma carreata que levou os alunos participantes para um passeio pelas ruas da cidade. Como as demais etapas, o de costume seria realizada uma caminhada, mas não houve a possibilidade devido a chuva.

No início da noite foi realizada a cerimônia de abertura do Festival, que contou com a participação do secretário da Educação, Mauricio Requião, e da coordenadora do Fera, Alexandra Gil, além do chefe da Casa Civil, Caito Quintana, e o secretário da Saúde, Cláudio Xavier.

O Fera é um dos projetos integradores em que empregamos nossas forças, da mesma forma, em que realizamos Jogos Estudantis e em breve o ?Educação Com Ciência?. Assim formaremos o tripé da educação, tendo ações voltadas ao esporte, às artes e à ciência", disse Mauricio.

De acordo com o Secretário, o Fera tem o objetivo de despertar o interesse do aluno pela cultura e pelas artes."Esse é o reencontro da educação com a cultura artística. Faço minhas palavras a de um oficineiro do Festival, que acredita que o Fera não é mais um programa e sim um processo. Estamos fazendo de tudo para que o festival crie raízes e que seus conteúdos façam parte do cotidiano dos alunos na escola", ressalta.

A abertura contou ainda com um show especial com a banda curitibana Dingue, que apresentou um repertório composto por MPB e Rock Nacional.

Programação

Durante os seis dias do Festival os alunos participarão de 71 oficinas – sendo 61 voltadas aos alunos e 10 aos 550 professores participantes – e de 20 atividades culturais. Além das oficinas, os alunos e a comunidade poderão assistir shows musicais e apresentações de dança e teatro de profissionais e de alunos.