Após declarar em seu programa “Legendários”, na Rede Record, que Raul Gil era um “velho safado e tarado”, o apresentador Marcos Mion se desculpou publicamente. Mion disse que tudo não passou de uma grande brincadeira e que o quadro onde ocorreu o comentário, “Vale a Pena Ver Direito”, era, na verdade, uma homenagem ao apresentador do SBT.

Além de pedir desculpas e de se livrar de um eventual processo, Mion elogiou Raul Gil e o chamou de  “grande mestre”, “inspiração para as novas gerações” e de “artista sério, de família”.