O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, decretou luto de três dias no Estado pela morte do arquiteto Oscar Niemeyer, aos 104, na noite de hoje. Ele estava ao lado da mulher, Vera Lúcia, 67, e de sobrinhos e netos no momento da morte. Cerca de dez pessoas o acompanhavam em seu quarto.

“Oscar Niemeyer foi o maior arquiteto do Brasil. Um gênio da arquitetura mundial. Doce no trato, firme nas suas convicções e amado pelo povo brasileiro”, declarou Cabral em nota.