Fundador e maior expoente do movimento de aconselhamento filosófico, que defende a filosofia no combate a depressões, mal-estar, traumas e outras questões pessoais antes relacionadas à psicologia, o canadense Lou Marinoff, autor dos best-sellers Pergunte a Platão e Mais Platão, menos Prozac, volta a abordar a filosofia pop ou do cotidiano, como ele próprio classifica, em seu novo livro.

O “Caminho do Meio” revela como os pensamentos de três grandes filósofos pode ajudar a encontrar um caminho de felicidade e equilíbrio num mundo cada vez mais globalizado.

A primeira premissa deste livro é o fato de grande parte do sofrimento humano ser causada por extremismos de várias naturezas: do fanatismo religioso à anarquia moral, do analfabetismo funcional à educação superior desconstruída, do chauvinismo machista ao feminismo militante.

A segunda premissa é de que os três sábios da antigüidade, Aristóteles, Buda e Confúcio (designados por Lou Marinoff como o ABC), ensinaram, cada um deles, maneiras de eliminarmos o sofrimento desnecessário para guiar os seres humanos à realização pessoal e ao equilíbrio social.

Cada um desses sábios reconheceu que o extremismo é um anátema à felicidade, à saúde e à harmonia. O ABC compartilha de algo mais também: da importante noção de que o propósito maior de estarmos vivos é o de levarmos uma vida boa, aqui e agora. Suas teorias e práticas variadas são criadas para produzir o bem neste momento e no próximo, culminando em um bem duradouro para você e para os outros.

Em “O Caminho do Meio”, Marinoff traça uma rota do caos à ordem, um caminho guiado pelos ensinamentos do ABC. A partir dos preceitos desses professores, Marinoff constrói um modo contemporâneo de pensamento e comportamento moderados e apresenta um alívio para a humanidade atravessar o século XXI e os seguintes.

Em suas considerações, o autor analisa uma filosofia prática e conciliatória, com o poder de curar os conflitos entre nações, culturas e comunidades e de transformar as vidas individuais de homens e mulheres.

O autor

Lou Marinoff é autor de “Pergunte a Platão” e “Mais Platão, menos Prozac”, este último publicado em vinte idiomas e vendido em setenta e cinco países. Professor de filosofia do City College de Nova York, é presidente fundador da American Philosophical Practitioners Association (Associação Americana de Orientadores Filosóficos). Como orientador, consultor, palestrante e educador, ajudou a levar a filosofia prática à vida cotidiana de pessoas, grupos e organizações.