Depois de contar no programa “Mulheres Ricas”, da Band, que está com a carteira de motorista suspensa por causa das multas que a filha recebeu, a joalheira Lydia Sayeg (esquerda) vai ter de se explicar para a Polícia Civil de São Paulo, que instaurou um inquérito para apurar a possibilidade dela ter cometido falsidade ideológica.

As infrações recebidas pela filha foram parar no prontuário de Lydia. São 13 multas de Jéssica (direita), que estava com carteira provisória, e por isso não poderia receber a definitiva. O acordo em prol da filha pode custar caro à empresária, que só vai falar depois de intimada oficialmente.