Foto: Divulgação
Músicos de destaque no cenário musical se apresentam no show.

O show musical Noel, dedicado ao compositor Noel Rosa, é um dos espetáculos da etapa de MPB da 25.ª Oficina de Música de Curitiba. O show, em única apresentação, será realizado segunda-feira (22), às 20h30, no Teatro da Reitoria, com a participação especial da cantora Izabel Padovani. No palco, músicos de destaque do cenário paranaense: o clarinetista Sérgio Albach, diretor artístico da Orquestra à Base de Sopro do Conservatório de MPB, que assina a direção musical do trabalho, o percussionista e flautista Gabriel Schwartz, do Trio Quintina, o violonista Ale Age, o pianista Marcelo Torrone, do grupo Wandula, além do ator e cantor Márcio Juliano, vocalista e idealizador do projeto.

Além do violão e do pandeiro, instrumentos tradicionais na interpretação dos sambas de Noel Rosa, as canções do espetáculo contam com arranjos de guitarra, bateria, clarinete, flauta e elementos inusitados como caixa de fósforo, rodas de bicicleta, latas de alumínio e pente. ?Noel brincava com sonoridades diferentes, arriscava sem medo, era ousado para a época e como o repertório oferece essa possibilidade, essa oportunidade não foi desperdiçada na releitura de sua obra. Os arranjos são experimentais, contemporâneos. Aproveitei o perfil diversificado dos músicos para somar as diferentes influências?, conta Albach. ?Como Curitiba não tem tradição em samba, me deixei guiar por Chico Mello, mestre da música desconstruída, e Eduardo Gramani, grande músico e compositor curitibano?, complementa.

Quem for ao teatro, poderá conferir 16 das 259 composições que Noel criou em sua curta trajetória, entre elas: Filosofia (1933), Conversa de botequim (1935), Último desejo (1937) e as bem humoradas Gago apaixonado (1930) e Fita amarela (1932). ?A escolha do compositor para a realização do show não foi à toa, o que me motivou foi a importância da sua obra. Suas letras e melodias são tão precisas e, ao mesmo tempo, tão irreverentes. Noel transformava os pequenos fatos do dia-a-dia em poesia. Ele era genial, revolucionou a música popular brasileira por meio da simplicidade, sabia como ninguém descrever tipos, contar histórias, revelar o cotidiano?, declara o cantor Márcio Juliano.

O poeta da Vila, como era conhecido, morreu precocemente aos 26 anos de idade. Desenvolveu a sua obra de 1929 a 1937, tornando-se a principal referência como compositor popular de seu tempo no Brasil, retratando os costumes do povo brasileiro com muita poesia. Poucos tiveram tanta influência na música nacional em toda a sua história. Noel Rosa foi referência básica para seus contemporâneos e seus sucessores.

A direção cênica do show é de Márcio Abreu, um dos mais conceituados diretores de teatro da atualidade de Curitiba. Cada apresentação conta ainda com participações especiais, uma delas é o de uma cantora convidada que divide o palco com os músicos durante a execução das músicas Pastorinhas (1934) e Feitio de Oração (1934). Mas, a participação mais inusitada é a da cantora Aracy de Almeida, por meio de gravações em off, ela colore a apresentação com comentários e depoimentos bem-humorados e sinceros sobre o amigo Noel Rosa.

A cantora Izabel Padovani consagrou-se em 2005, na oitava edição do Prêmio Visa, um dos mais importantes e respeitados Prêmios de Música Brasileira. Com a carreira voltada para o exterior, Izabel viveu entre Áustria e Brasil desde 1996 e apresentou-se em importantes festivais e casas de espetáculos da Europa. Em 2005 lançou o CD Tons -bass and voice, ao lado do baixista Ronaldo Saggiorato. Reunindo um time de músicos internacionais, o CD foi indicado para o prêmio da crítica ?Schaplattenkritik? na Alemanha.

Após a final do Prêmio Visa em 2005, Izabel foi convidada pelo maestro Nelson Ayres para participar do show Disco de Ouro, interpretando Chico Buarque ao lado de Miúcha, Renato Braz, Zizi Possi e MPB-4. Fez o lançamento do CD Desassossego no Tom Jazz, em São Paulo, e saiu em turnê pelo Brasil. Em setembro de 2006, levou o novo trabalho para uma série de shows na Europa.

Serviço:

25.ª Oficina de Música de Curitiba Oficina de MPB -Show Musical Noel. Segunda-feira, 22 de janeiro, às 20h30; Teatro da Reitoria R. XV de Novembro, 1299. Ingressos: R$ 10,00 ou R$ 5,00 mais um quilo de alimento não perecível.