enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

A Hora do Demolidor

  • Por Redação O Estado Do Paraná

Depois do Homem-Aranha, Hollywood e a Marvel apostam no relativamente obscuro Demolidor, cuja versão para o cinema, Demolidor – O Homem Sem Medo, estréia hoje nos cinemas. À frente do projeto estão dois fãs de carteirinha do herói cego: o diretor Mark Steven Johnson e o astro Ben Affleck, que encarna o Demolidor. A história é mais dramática do que o usual nos filmes sobre heróis das HQs: aos 12 anos, Matthew Murdock fica cego em virtude de um acidente com produtos químicos, mas seus outros sentidos são amplificados ao extremo. Filho de um boxeador decadente, Matt consegue superar as agruras da infância e se torna um advogado de sucesso. Só não contava com a morte prematura do pai, assassinado por um gângster depois de se negar a entregar uma luta.

O trauma faz com que Murdock se encarregue de punir pessoalmente os facínoras que conseguem lhe escapar nos tribunais durante o dia: à noite ele veste o indefectível uniforme vermelho colante com capuz e chifrinhos, e parte atrás deles. Entre os seus arquiinimigos estão o habilidoso Bullseye (Colin Farrell), uma espécie de “McGyver do Mal”, e a bela Elektra (Jennifer Garner). O filme não deve repetir a febre do Aranha, mas diverte como uma história em quadrinhos, enquanto a Marvel prepara os seus próximos cartuchos: X-Men 2 em maio e Hulk em junho.

Mais do mesmo

Mais Uma Vez, parceria inédita de Renato Russo com Flávio Venturini, chega hoje às rádios de todo o Brasil. A música faz parte da raspa de tacho perpetrada pela EMI/Virgin no espólio do artista, com a ajuda da família Manfredini, que autorizou “ampla pesquisa” nas fitas caseiras de Renato. O garimpo rendeu quatro faixas inéditas – Mais Uma Vez, Hoje (com Leila Pinheiro), Boomerang Blues (com os Blues Etílicos) e Thunder Road (autorizada especialmente pelo autor Bruce Springsteen) -, que integram o CD Renato Russo Presente. Produzido por Marcelo Fróes, o disco será lançado no próximo dia 27, aniversário do cantor e compositor, e traz ainda uma versão conjunta das interpretações de Renato e de Zélia Duncan para Cathedral Song e outros duetos célebres de sua carreira solo, além de algumas raridades, um remix e trechos das últimas entrevistas.

Feito aqui

A Travessa dos Editores, associação de intelectuais residentes em Curitiba, lançou ontem em São Paulo a revista EtCetera, publicação trimestral que pretende aglutinar as mais variadas (“e até conflitantes”, segundo Fábio Campana) vozes do continente americano. Com 204 páginas, o número zero traz prosa, poesia, ensaios, traduções e textos raros, de diversos colaboradores. Mas os destaques da edição inaugural são a presença de textos dos idealizadores Jamil Snege, Fábio Campana, José Castello e Wilson Bueno. EtCetera circulará no Brasil e em alguns países da América Latina. Mais informações exclusivamente na Travessa dos Editores, telefone (41)264-9463, ou pelo e-mail travessadoseditores@terra.com.br.

Nos palcos

A Companhia de Teatro Filhos da Lua apresenta hoje e amanhã às 20h, no Teatro Dr. Botica, no Shopping Estação, o espetáculo Nau – Um Poema Cênico. Com direção e atuação de Renato Perré, que utiliza técnica de bonecos de luva, vara, máscara e a figura humana, a premiada peça se baseia no ciclo das grandes navegações. Outra estréia de hoje é a comédia Rádio Coqueluche – Um Cafuné em seus Ouvidos, que retrata os bastidores de uma rádio em decadência, onde uma atriz é contratada para interpretar vários personagens. A direção é de Emerson Rechenberg, que assina o texto com os atores Aline Fontoura, Andrea Caligari, Eliandra Chagas, Luciano Lúcio e Mahara Alberttoni.

Mão na roda

A Volkswagen lança nesta segunda-feira o concurso Criação Teatral, para grupos cênicos de todo o País, com inscrições abertas a partir de terça e etapas classificatórias em Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Os vencedores vão participar de uma série de oficinas teatrais e o ganhador da grande final recebe um prêmio de 30 mil reais como patrocínio mais um contrato de 20 mil para a apresentação do espetáculo. As inscrições podem ser feitas no site www.criacaoteatralvolkswagen.com.br ou pela Caixa Postal número 19.234, CEP 04505-970, São Paulo (SP).

O tempo de Denise Stoklos

Denise Stoklos apresenta de hoje a domingo no Guairão o espetáculo Calendário da Pedra, depois de uma passagem por sua Irati natal nesta semana. A montagem, que em junho e julho será levada a Nova York, tem como ponto de partida o poema Livro de Aniversário, de Gertrude Stein. Em tom de comédia, Denise aproveita o calendário gregoriano para retratar o dia-a-dia de uma pessoa, do dia 1.º de janeiro a 31 de dezembro. É o espírito clown da artista e seu teatro essencial em estado puro. Hoje e amanhã às 21h e domingo às 18h. Ingressos a 30, 15 e 10 reais.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas