Apesar do discurso de jogadores e treinador, de que é preciso acreditar na permanência na Série A enquanto o rebaixamento não for concretizado, na prática o Bahia já começa a se preparar para as disputas de 2015. No clube, já pouco se fala sobre o Campeonato Brasileiro – o assunto dominante é a eleição do novo presidente, no próximo dia 13. No campo, o técnico Charles Fabian começa a testar jogadores da base no time principal, com foco no próximo ano.

Dois deles, o meia Rômulo e o atacante Jeam, podem ser titulares na partida contra o Grêmio, neste domingo, às 19h30 (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 37.ª rodada. “Testei algumas opções, mas isso não quer dizer que o time está definido”, despistou o treinador, que não confirmou a escalação, mas disse confiar no bom desempenho da equipe nas duas últimas rodadas do campeonato. “Independente do que nossos rivais fizerem, precisamos fazer nossa parte”.

O Bahia precisa de uma combinação improvável de resultados para escapar da queda para a Série B. Com 34 pontos, cinco a menos que o Palmeiras, o primeiro fora do grupo dos quatro últimos, o time tem de vencer os dois últimos jogos do campeonato – além do Grêmio, enfrenta o Coritiba, em Curitiba, na última rodada – e torcer para que Palmeiras e Vitória não pontuem nos seus últimos jogos. Como os dois rivais diretos jogaram no sábado, o Bahia pode entrar em campo no domingo já rebaixado.