O Chivas teve uma classificação apertada diante do fraco Aragua. Mesmo atuando em seu estádio, não passou de um empate (1 a 1) e garantiu vaga a próxima fase graças à vitória por 2 a 1 na Venezuela.

Pelo que apresentou nesta partida, o time mexicano pode ser derrotado pelo Atlético, desde que a equipe paranaense se empenhe um pouco no México e faça o dever de casa na Arena.

O Chivas é uma equipe que toca bem a bola, mas tem sérios problemas de marcação. Deixa espaço para contra-ataques em velocidade. As principais jogadas são levantamentos de bola na área, com cruzamentos vindos principalmente do lado direito onde atuam o hábil De La Mora e Esparza.

A referência na área é Santana, autor do gol mexicano contra o Aragua. O atacante também perdeu um pênalti nesta partida. Outros atletas que merecem destaque são Medina e Morales. O goleiro Luis Vergara não inspirou muita confiança, largando muitas bolas.