A australiana Samantha Stosur precisou de uma virada para conquistar o título do Torneio de Osaka, no Japão. Neste domingo, a número 20 do mundo se tornou campeã ao derrotar na decisão a canadense Eugenie Bouchard, 35ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/5 e 6/2, em 2 horas e 13 minutos.

Na decisão, Stosur converteu sete de 15 break points, um deles quando o segundo set estava empatado em 5/5, o que foi decisivo para a sua vitória. Depois, abriu 4/1 na terceira parcial, vencida por 6/2.

“Eugenie estava jogando muito bem hoje. Eu tinha que pressioná-la no segundo set, e eu estou muito feliz com a forma como as coisas correram no terceiro”, disse Stosur. “Eu adoro jogar aqui, eu adoro a quadra e os fãs são ótimos. Eu sempre sinto que tenho muito apoio quando eu venho para Osaka”.

Assim, Stosur repetiu a sua conquista de 2009 em Osaka, onde foi vice em 2011, e também se vingou da derrota no único confronto anterior com Bouchard, em abril deste ano, no Torneio de Charleston, nos Estados Unidos.

O título garantido neste domingo foi o quinto em 17 decisões na carreira de Stosur, que neste ano foi campeã do Torneio de Carlsbad, nos Estados Unidos. Já Bouchard, de 19 anos, disputou apenas a primeira final da sua carreira.