Rio – No dia em que estreou no Flamengo, o atacante Souza assegurou a vitória da equipe ao marcar o único gol do triunfo sobre o Boavista, ontem à tarde, no Maracanã, pela terceira rodada da Taça Guanabara, 1.º turno do Campeonato Carioca. Apesar da escassez de gols, o Rubro-Negro desperdiçou várias oportunidades e deixou de aplicar uma goleada sobre o adversário.

O Flamengo conseguiu dominar o Boavista desde o primeiro minuto da etapa inicial. O time do técnico Ney Franco pressionou o adversário que, bem armado defensivamente, dificultou a armação das jogadas rubro-negras.

Ex-vascaíno e contratado ao Goiás neste ano, após ser o artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2006, Souza estreou no lugar de Obina, que não pôde atuar por causa de uma contusão.

E o substituto do ?xodó? da torcida rubro-negra pouco fez na etapa inicial.

A demora em inaugurar o marcador foi irritando os torcedores do Flamengo que, a cada jogada perdida, gritaram: ?Obina, Obina, Obina?. E, justamente no momento de maior tensão, aos 31 minutos, Souza desencantou e, de cabeça, marcou um belo gol, que assegurou a vitória do Rubro-Negra. Com o resultado, o time da Gávea passou a ser o líder isolado do Grupo A da Taça Guanabara, com 9 pontos, seguido por Botafogo, 7, e Madureira, 5.