A russa Maria Sharapova não teve qualquer dificuldade para avançar às oitavas de final do Aberto da Austrália. Nesta sexta-feira, em um duelo de ex-líderes do ranking da WTA, a número 2 do mundo derrotou a norte-americana Venus Williams, 26ª colocada, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3, em 1 hora e 19 minutos.

Sharapova dominou o duelo com Venus desde o início. A russa conseguiu duas quebras de serviço, abriu 4/0 e completou 28 games seguidos sem perder no Aberto da Austrália – venceu as duas partidas anteriores por duplo 6/0. A número 2 do mundo converteu mais um break-point, no sétimo game, para fechar a parcial em 6/1.

O segundo set também esteve sempre sob o controle de Sharapova, que conseguiu uma quebra de serviço no segundo game e depois abriu 3/0. Ela obteve nova quebra no sexto game e fez 5/1. Venus ainda esboçou uma reação, venceu dois games seguidos, mas mesmo assim acabou sendo derrotada por 6/3.

Sharapova terminou a partida com quatro aces, 17 winners e 19 erros não forçados, enquanto Venus teve 10 bolas vencedoras e 26 equívocos. Classificada às oitavas de final, agora a russa vai encarar a belga Kirsten Flipkens, número 43 do mundo, que venceu a russa Valeria Savinykh (6/2, 4/6 e 6/3). Sharapova lidera o confronto direto por 2 a 0.

Também nesta sexta, a polonesa Agnieszka Radwanska manteve a sua invencibilidade em 2013 e avançou às oitavas de final do Aberto da Austrália. A número 4 do mundo derrotou a britânica Heather Watson, 50ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1, em 1 hora e 42 minutos.

Radwanska teve dificuldades no primeiro set, quando perdeu o saque uma vez, mas conseguiu três quebras de serviço para vencer por 6/3. A segunda parcial chegou a ser paralisada por causa da chuva, até o fechamento do teto da quadra. A polonesa recebeu atendimento médico, mas triunfou com facilidade por 6/1 para avançar no Aberto da Austrália.

A vitória desta sexta foi a 12ª de Radwanska, que neste ano. No começo da temporada, ela foi campeã em Auckland, na Nova Zelândia, e em Sydney, na Austrália. Nas oitavas de final em Melbourne, a sua adversária será a sérvia Ana Ivanovic. A polonesa está em vantagem de 4 a 3 no confronto direito, com triunfos nos últimos quatro jogos.

Nesta sexta, Ivanovic venceu um duelo entre tenistas sérvias que já lideraram o ranking da WTA. A número 13 do mundo venceu a compatriota Jelena Jankovic, 22ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3, em 1 hora e 23 minutos.

Ivanovic perdeu o seu saque duas vezes quando poderia fechar a o primeiro set, o que só conseguiu na terceira chance. No segundo set, ela não sofreu tanto e converteu dois break-points para triunfar e fazer 8 a 3 no confronto direto com Jankovic. Ivanovic terminou o jogo com 28 winners e 21 erros não-forçados, contra 19 equívocos e 17 bolas vencedoras da sua adversária.

Vice-campeã do Aberto da Austrália em 2011, a chinesa Na Li se classificou para as oitavas de final. A número 6 do mundo venceu a romena Sorana Cirstea, 29ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1. Sua próxima adversária será a alemã Julia Goerges, número 18 do mundo, que bateu a chinesa Jie Zheng por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 1/6 e 7/5.

A alemã Angelique Kerber, número 5 do mundo, se garantiu nas oitavas de final do Aberto da Austrália ao vencer a norte-americana Madison Keys, 105ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5. Agora, ela vai enfrentar a russa Ekaterina Makarova, número 19 do mundo, que superou a francesa Marion Bartoli por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (4/7), 6/3 e 6/4.