Sem poder contar com o meia Gilberto, o técnico Cuca deverá fazer mudanças nas laterais do Cruzeiro para o segundo jogo na Copa Libertadores, nesta terça-feira, diante do Guaraní, do Paraguai, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)

No treino desta segunda, Cuca promoveu uma inversão nas laterais, escalando Diego Renan na direita e Pablo no lado esquerdo. Dono da lateral-esquerda na temporada passada, Diego Renan é o reserva imediato de Gilberto e Pablo vinha atuando como titular da lateral-direita. O meia está com uma tendinite na perna esquerda e foi vetado pelo departamento médico.

Apesar do teste, o técnico não garantiu que manterá essa formação para o jogo desta terça. “Não está claro que seja assim, apenas porque sabemos que o adversário tem um lado um pouco mais forte em termos ofensivos e é normal que se tenha uma precaução em cima disso, por isso fizemos essa inversão, mas não tem nada definido”, avisou Cuca, que não teme mudar o time na véspera da partida.

“Ninguém vai improvisar, são dois jogadores que jogam tanto num lado quanto no outro e assim podemos dar uma estrutura melhor na parte defensiva, colocando um jogador que sabe defender melhor que o outro numa posição que achamos que seja ideal”, completou o treinador.

Roger, que voltará a formar dupla com Montillo no meio-campo, afirmou nesta segunda que o Cruzeiro espera um confronto equilibrado, depois da goleada na estreia. “Vai ser muito mais complicado. No jogo com o Estudiantes, a gente fez um gol no início, fazendo com que a equipe argentina saísse e tentasse empatar o jogo. Esse time do Paraguai virá para se defender e para buscar um pontinho”, avalia o experiente jogador.