O experiente volante Diguinho é mais um que não ficará no Fluminense em 2015. O jogador de 31 anos ficará sem contrato no fim do ano e não chegou a um acordo com a diretoria para renová-lo. Com isso, procurará novos ares a partir da próxima temporada, o que não o deixou muito feliz.

“Hoje chega ao fim de um ciclo muito vencedor e importante na minha vida profissional. Agradeço demais ao Fluminense pela história que pude construir e pelo esforço do clube em me manter. Serei eternamente grato pelos aprendizados e convívio com os presidentes, com dirigentes, treinadores, companheiros e todos os funcionários do clube. Sem dúvidas, bate um sentimento de tristeza por deixar um lugar que me fez tão bem por tanto tempo”, admitiu, em comunicado divulgado por sua assessoria.

Diguinho estava no Fluminense desde 2009 e viveu uma das eras mais vitoriosas da história do clube. Sagrou-se campeão brasileiro em 2010 e em 2012, além de campeão carioca em 2012, mas vinha perdendo espaço nas últimas temporadas e em 2014 sequer foi relacionado para algumas partidas. Além disso, conviveu com algumas lesões durante o ano.

O volante se mostrou satisfeito com sua trajetória no clube, mas admitiu que o momento é mesmo de buscar uma nova casa para a próxima temporada. “Tenho certeza que marquei meu nome na história do clube. Mas chegou o momento de buscar novos rumos, sempre em busca das vitórias.”