Em uma atuação de gala do holandês Seedorf, o Botafogo venceu de virada o Cruzeiro por 3 a 1, ontem, no Independência, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Botafogo chegou aos 34 pontos e ocupa a sétima colocação da tabela. O Cruzeiro estacionou nos 34 e caiu para o oitavo lugar.

Fora de casa, o Botafogo começou ditando o ritmo do jogo. Movimentava-se com mais liberdade no campo de ataque, contudo, não chegava a incomodar o goleiro Fábio.

O Cruzeiro insistia nas bolas aéreas e esbarrava na marcação. Apesar da menor posse de bola, os donos da casa abriram o placar aos 19min. Borges recebeu lançamento de Souza e finalizou em cima de Renan, que cedeu o rebote. Tinga aproveitou e acertou um belo chute cruzado.

Mas, em apenas dois minutos, o Botafogo conseguiu a virada. Seedorf, aos 34min e aos 35min, balançou a rede adversária, após passes de Fellype Gabriel. No primeiro lance, o camisa 10 arrematou de primeira, cruzado; no segundo, ele mandou no canto de Fábio, que não chegou na bola.

A entrada de Wellington Paulista no lugar de Sandro Silva deu mais velocidade à equipe mineira, que apareceu com maior frequência ao ataque no início da segunda etapa.

Mas foi o Botafogo quem chegou ao terceiro gol, aos 10min, em outra participação brilhante de Seedorf. Pela esquerda, o camisa 10 livrou-se da marcação e caprichou no cruzamento para Jadson, que tirou o goleiro Fábio da jogada e definiu o placar.

Na próxima rodada, o Botafogo recebe o Náutico, domingo, no Engenhão. No mesmo dia, o Cruzeiro visita o Sport.